Uma das grandes surpresas das minhas pacientes, ao final de uma consulta com a realização do exame de colposcopia, é conhecerem o colo do útero delas.

Durante a realização da colposcopia tiro algumas fotos do colo uterino da paciente, para montar um laudo com imagens selecionadas para o ginecologista responsável por ela.

Acho importante que esse profissional também possa ter conhecimento das alterações colposcópicas observadas durante o exame.

No meu laudo coloco uma descrição detalhada de todos os achados coloscópicos identificados na paciente e adiciono as imagens capturadas durante a realização do mesmo.

Essas imagens são importantes não somente para o ginecologista da paciente, mas também para observarmos e compararmos imagens das lesões causadas pelo HPV, que podem estar regredindo ou piorando.

A própria paciente ao comparar imagens antigas com as atuais consegue perceber essa melhora ou piora da lesão causada pelo HPV.

E isso é muito importante, do ponto de vista psicológico, para essa mulher que apresenta esse tipo de infecção, pois a melhora irá convence-la de que a lesão realmente está sumindo sozinha.

Lembrando que a maioria das lesões causadas pelo HPV são transitórias e desaparecem de forma espontânea.

Por outro lado, a observação da piora, será uma indicação para o tratamento adequada e cura dessa lesão.

Desta forma, ao final de cada exame, elaboro o laudo da paciente e mostro para elas as alterações encontradas.

Muitas vezes, também mostro outras imagens de colo de útero normais e com lesões causadas pela infecção do vírus do HPV, para que ela posso compreender um pouco mais sobre essa doença.

É fundamental que toda mulher saiba o que está acontecendo com o seu corpo.

Ou ainda, que ela conheça o seu corpo.

Mas a surpresa de todas as pacientes ao olharem seu colo de útero na tela do meu computador, me motivou a escrever esse artigo e gravar um pequeno vídeo explicativo.

O que é o colo do útero?

O útero da mulher tem o formato bem parecido com uma pera. Existe uma porção superior robusta e arredondada, que é o corpo do útero e uma parte inferior, mais estreita e afilada, que é o colo uterino.

O colo do útero se localiza ao final da vagina, que é uma estrutura tubular que liga a vulva ao útero.

Assim, se você quer sentir o seu colo do útero, deverá inserir o dedo indicador na vagina.

Perceba que a vagina tem uma estrutura rugosa e ao final dela você irá sentir uma bolinha bem lisinha e com um furinho no meio, isso é o colo do seu útero.

E é por esse furinho que sai a menstruação e o bebê.

Se você ainda não assistiu ao vídeo, de uma olhada rápida, pois lá mostro fotos reais de um colo do útero.

Inscreva-se para receber informações sobre o que nunca te contaram sobre HPV.

Nos acompanhe em todas as redes sociais.