Se você chegou até aqui é porque está cheia de dúvidas, com medos e curiosidades.

Recebeu seu Exame de Papanicolau e ele evidenciou uma atipia de significado indeterminado.

E o que significa isso ASC-US?

E porque o meu médico pediu esse exame de colposcopia?

Para serve esse exame?

A Colposcopia é um exame de imagem, onde o colposcopista utiliza uma grande lente de aumento para avaliar o seu colo do útero.

Essa grande lente de aumento é chamada de colposcópio.

Utilizando o colposcópio associado a duas substâncias, o ácido acético e o lugol, o colposcopista irá avaliar a presença de lesões causadas pelo HPV, avaliar a gravidade destas lesões e a necessidade da realização de biópsia.

A biópsia é utilizada para confirmar a impressão diagnóstica do exame de colposcopia.

Um bom exame de colposcopia depende muito da experiência do profissional. Isso porque este é um exame subjetivo, pois o que pode parecer um exame normal para um profissional, para outro com mais experiência pode evidenciar uma pequena lesão de alto grau.

Este é realmente um exame que necessita de experiência por parte do profissional.

Não basta ser um bom colposcopista. Não basta ser um profissional de grande experiência. Não adianta apenas ser um especialista em HPV.

Um bom colposcopista tem que ser capaz de lidar com os medos existentes na cabeça de cada paciente.

Um bom colposcopista tem que saber conversar com cada paciente e explicar o que é o vírus do HPV. Tem que saber acalmar essas mulheres infectadas por esse vírus. Tem que ter paciência para tirar suas dúvidas e diminuir suas angústias

O que é o exame de Papanicolau com ASC-US

O ASC-US significa células escamosas atípicas de significado indeterminado, mas com origem provavelmente benigna.

O ASC-US é uma atipia celular de causa não determinada. Essa alteração celular pode ser causada por uma infecção, por uma atrofia (ressecamento vaginal) ou pelo HPV.

O patologista olha a lâmina do seu preventivo no microscópio e detecta uma célula diferente, porém não conclusiva de uma lesão por HPV. Ou seja, ele alerta o ginecologista que pode ter uma infecção por HPV, mas ele não tem como afirmar isso.

Desta forma, cabe ao ginecologista realizar novos exames para avaliar melhor a sua paciente.

Diante de um exame de Papanicolau evidenciando um ASC-US, o ginecologista tem duas alternativas.

Podem realizar o teste de DNA-HPV. Se o teste for positivo para tipos oncogênicos, a paciente deve ser encaminhada para colposcopia.

Outra alternativa é a realização um novo exame preventivo (Papanicolau) dentro de 6 meses. Caso o resultado mantenha ASC-US, essa paciente de ser encaminhada para colposcopia.

Mas o que é esse teste de DNA-HPV?

Como objetivo de complementar o exame de Papanicolau, podemos realizar um exame que detecta o DNA do HPV, ou seja, detecta a presença ou não do vírus do HPV no colo do útero.

O mais utilizado atualmente é o PCR para HPV de alto risco com genotipagem. Este teste irá determinar se você realmente está infectada pelo vírus do HPV e qual o tipo de vírus que te contaminou.

Que tipo de HPV tem indicação para realizar o exame de colposcopia, diante de um ASC-US?

O exame de PCR para HPV de ALTO RISCO com GENOTIPAGEM pode oferecer três resultados possíveis:

Isso significa que foi não está infectada por uma HPV de alto risco. Desta forma, o resultado de ASC-US do seu exame de preventivo não decorre de uma lesão por HPV. Se você não tem HPV de alto risco, logo você não pode ter qualquer lesão causada por esse vírus. Neste caso, não existe necessidade da realização do exame de colposcopia.

Neste caso, você tem cópias virais de HPV do tipo 16 e/ ou 18 que foram detectadas pelo exame. Ou seja, você está infectada pelo vírus do HPV tipo 16 e/ou 18. Os HPVs do tipo 16 e/ou 18 são responsáveis por aproximadamente 70% dos casos de câncer de colo do útero. Mas calma, muitas mulheres infectadas por esses tipos virais nem apresentam lesão. Por isso, nesses casos é muito importante a realização do exame de colposcopia. A colposcopia irá avaliar a presença ou não de uma lesão no colo do útero causada por esse tipo de HPV. Mas mantenha sua tranquilidade, mesmo que o exame de colposcopia faça o diagnóstico de uma lesão por HPV, ela tem cura. As lesões por HPV tem cura! A ansiedade é muito mais nociva para sua saúde do que o HPV. Tenha calma.

Neste caso, você tem cópias virais de HPV do tipo não 16 e/ ou 18 que foram detectadas pelo exame. Ou seja, você está infectada pelo vírus do HPV tipo NÃO 16 e/ou 18. Esses tipos de HPV são responsáveis por uma menor porcentagem de casos de câncer de colo do útero. Podemos dizer que são vírus menos agressivos. Mas se você já tem um preventivo evidenciando uma atipia de significado indeterminado (ASC-US), essa atipia pode estar sendo causada por esse tipo de HPV. Desta forma, nesses casos o exame de colposcopia também está indicado e pelos mesmos motivos descritos acima. A colposcopia irá avaliar a presença ou não de uma lesão no colo do útero causada por esse tipo HPV. Mas não se esqueça, mantenha a calma porque as lesões causadas por HPV tem cura.

Não tenha medo, realize sua colposcopia com um profissional experiente e que ama o que faz!

Esse exame salva muitas vidas!

Faça seus exames Regularmente